- AGENDA -

Seminário "Melhoramento e Gestão de Povoamentos de Pinheiro Manso"
12 de Abril, Auditório
da Câmara Municipal
de Alcácer do Sal

European Young Farmers' Day: "What future for our agriculture? - A day of dialogue"
17 de Abril, Bruxelas, Bélgica

Seminário "Biodiversidade e Denominações de Origem: Uma problemática global"
18 de Abril,
Auditório da ESAC, Coimbra

"Segurança e controlo de qualidade de vinhos" - EnoSafe workshop
19 de Abril, Estação Vitivinícola Nacional, Quinta d'Almoinha, Dois Portos

Ovibeja 2007
28 de Abril a 6 de Maio, Beja

 

 

 

 

 

 

 

 

 


ANIPLA
Associação Nacional
da Indústria para a Protecção das Plantas

Av. das Túlipas
Edifício Miraflores, nº 6, 7º D
1495-161 Algés

Telf: 21 413 92 13
Fax: 21 413 92 14

 

Aspectos toxicológicos da aplicação de produtos fitofarmacêuticos tendo em consideração a exposição do operador

Produtos fitofarmacêuticos são substâncias activas ou preparações cuja utilização deve ser efectuada com segurança, evitando eventuais riscos para o aplicador, ambiente e consumidor.

Classificação Toxicológica
-A classificação dos produtos é efectuada mediante o sistema europeu de classificação de perigosidade;
-Símbolos de informação toxicológica dos produtos.

O sistema europeu para a classificação da perigosidade baseia-se exclusivamente nas propriedades do produto químico sem ter em conta a exposição durante a sua utilização, que dependerá do modo de aplicação e das medidas de protecção adoptadas. Como tal não se pode avaliar o risco recorrendo exclusivamente ao sistema de classificação dos produtos.

Risco = Toxicidade x Exposição

- Toxicidade - Depende das características toxicológicas dos produtos; é expressa nos rótulos (símbolos e precauções toxicológicas). NÃO é influenciada pelo aplicador.
É expressa nos rótulos através dos símbolos e precauções toxicológicas

- Exposição - Forma de contacto com os produtos: Dermal, Inalação e Oral. É influenciada pelo aplicador e depende:
- Da cultura a tratar (densidade, altura, ...);
- Das técnicas de aplicação; oDo material de aplicação;
- Das condições de aplicação (meteorológicas, orográficas, ...);
- Da utilização do equipamento de protecção (EPI´s), adequado;
- Da manutenção e limpeza dos EPI´s.

É importante agir com segurança em todas as fases de potencial risco de exposição aos produtos fitofarmacêuticos
- Armazenamento e transporte na, de e para a exploração agrícola;
- Preparação da calda;
- Aplicação;
- Após a aplicação;
- Reentrada nas parcelas tratadas.

 

DIVULGAÇÃO CONJUNTA

O PROJECTO CULTIVAR A SEGURANÇA ENCONTRA-SE DISPONÍVEL PARA PARTICIPAR EM EVENTOS ORGANIZADOS POR OUTRAS ENTIDADES QUE VISEM O TEMA DA UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS.

MENSAGEM-CHAVE

Peparação da calda directamente no pulverizador

Adicione os produtos directamente no depósito do pulverizador


< Ler mais >


A PROTECÇÃO DO OPERADOR NA APLICAÇÃO DOS PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS
É UM FACTOR IMPRESCINDÍVEL NA ACTIVIDADE AGRÍCOLA


CULTIVE A SUA SEGURANÇA E A DE TODOS QUE O RODEIAM

info@cultivaraseguranca.com / http://www.cultivaraseguranca.com/ / versão para impressão